Imagens meramente ilustrativas. Pode conter alteração de cor conforme configuração de cada monitor

Paxis Lisboa

R$77,00

REF: 54 Categoria:
Tipo
Estilo
Produtor
País
Região
ElaboraçãoMétodo clássico de fermentação com desengace e contacto pelicular pré fermentativo seguido de aplicação de leveduras secas activas. Fermentação a 30ºC nos primeiros 2/3, e baixando para 20ºC durante o último 1/3. Durante todo o processo fermentativo são fei tas 2 remontagens diárias utilizando em cada uma delas metade do volume contido na cuba. Após a fermentação alcoólica é mergulhada a manta durante 30 dias, durante os quais se procede à extracção dos taninos suaves, à fermentação maloláctica e estabilização natural do vinho.

Estágio de um mês em garrafa após engarrafamento.

Notas de DegustaçãoDe cor rubi, conta com aromas de frutas , além de forte presença das mesmas no paladar. Tem corpo médio e equilíbrio.
Harmonização e ServiçoMassas , carnes e queijos
Temperatura de Serviço: 14 – 16°C
Análise Química
Outras informaçõesDFJ VINHOS nasceu em 1998, para exportar para o Reino Unido, onde dois dos sócios iniciais da DFJ (Dino e Fausto) detinham há mais de duas décadas, a mais bem-sucedida empresa na importação de vinhos portugueses – D & F.
Dino Ventura foi um dos mais inovadores profissionais de vendas e de marketing que o sector do vinho do Reino Unido conheceu. Sempre olhando para todos os detalhes da sociedade para encontrar ideias para aplicar e desenvolver o consumo de vinho português.
Um dia encontrou um de seus filhos brincando na escola um tradicional e muito exigente fisicamente jogo britânico chamado Bulldog. Durante o jogo, ouviu as crianças dizendo PAXIS como uma forma de ganharem imunidade e assim não serem apanhadas pelos adversários.
PAXIS é assim em certo sentido, um estado ideal de fuga do stress diário onde podemos apreciar um bom vinho recarregando de prazer todos os nossos sentidos.
Por isso os vinhos PAXIS são sempre cuidadosamente selecionados para oferecer a melhor relação preço / qualidade / prazer. Aprecie!
Fale com o Caviste